Portugal amplia renovação automática de visto e abrange mais seis mil brasileiros

Por Gian Amato
Jornal O Globo, 26/03/2021 08:13
Um grupo caminha pelas ruas de Alfama, em Lisboa, Portugal | Pedro Nunes/Reuters

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal ampliou a renovação automática das autorizações (vistos) de residência para imigrantes.

Renovações de vistos de brasileiros em Portugal aumentam 55% na pandemia

A ferramenta digital estava disponível no site do SEF para vistos válidos até 31 de março, mas o prazo foi estendido por mais três meses.

Desta forma, a renovação automática abrange mais seis mil brasileiros, 37% entre os 16 mil estrangeiros contemplados nesta ampliação, segundo números do SEF.

Os vistos destes imigrantes perderão a validade entre 1 de abril e 30 junho de 2021. 

Milionários brasileiros investem R$ 5,2 bilhões em visto VIP de Portugal

Em 2020, ano em que a pandemia explodiu, 56 mil brasileiros renovaram seus vistos de residência, 20 mil a mais que em 2019 (aumento de 55%).

Dessas renovações, 48 mil foram feitas automaticamente no portal do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) 

Empresas ampliam aposta em tecnologia no 2º ano da pandemia e mudam rotina de pet shop a hospital

O processo reduz a burocracia e dispensa a ida ao balcão de atendimento presencial do SEF em tempos de restrições para conter a pandemia de Covid-19. A taxa do serviço é de € 50.

Alguns brasileiros relataram nas redes sociais facilidade para conclusão do processo em 24h. Outros encontraram dificuldade de acesso e de atendimento.

A assessoria do SEF informou que não há instabilidade no sistema e recomendou que insistam nas tentativas no site e nos comunicados à central de atendimento.

Os números totais ainda serão divulgados pelo SEF, mas os dados dos vistos são uma forma de acompanhar o movimento dos brasileiros, a maior comunidade estrangeira no país, com 185 mil residentes oficiais. O número não inclui aqueles com cidadania portuguesa.

Todos os documentos de estrangeiros expirados desde 24 de fevereiro de 2020 valem extraordinariamente até o fim de 2021. Mas o SEF sugere que as regularizações sejam feitas assim que possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *