MEMÓRIA VIVA DOS 35 ANOS DO SPM

1ª Assembleia SPM – Nacional 1985

“Para onde vais?’ Era a pergunta da Campanha da Fraternidade 1980 que inspirou a padres, irmãs, leigos e leigas a se reunirem e a proporem uma institucionalidade no âmbito da Igreja ligada a CNBB, para animar e buscar respostas aos desafios da migração no Brasil. Esse era o momento do nascituro do Serviço Pastoral dos Migrantes-SPM, que veio a se concretizar em 1985, no dia 31 de outubro, em Brasília/DF.

 

 

 

Casa de Acolhida – Vila Prudente/SP

Em 31 de outubro de 2020, celebramos o 35º aniversário da Pastoral do Migrante e em virtude da pandemia, foi realizada uma celebração on-line, com muita mística e alegria, com convidados que compartilharam suas experiências nessa caminhada!

São mais de 3 décadas de serviço aos migrantes e refugiados, de novos desafios e grandes projetos, sempre na mira das necessidades daqueles que optaram pelo direito de ficar e os que tiveram que abandonar seu lar e a serem forçados a procurarem terras com melhores condições de vida.

 

 

Dia Mundial do/a Migrante e do/a Refugiado/a – Manaus/AM

 

‘Homem mulher e criança carregados de saudades, traz na mala esperança e no coração bondade, Esse é o chão da Pastoral dos Migrantes, com o Cristo peregrino, bebendo na própria fonte……”

 

Pe. Mario Geremia – Celebração na Paróquia Santa Cecília e São Pio X

Essa esperança que os move, tanto a migrantes quanto aos agentes missionários, nos embriagou nesse webinário, ou seja seminário virtual, que foi realizado com uma participação efusiva, cheia de depoimentos de parceiros e parceiras, das Irmãs Scalabrinianas e Padres Scalabrinianos, chegamos a mais de duas mil participações, desde Balsas no Maranhão até Roma, com a fala da Irmã Janete e do Pe. Mário Geremia, ambos dos governos gerais dessas congregações.

Sr. Inácio Bernardes – Guaribas/SP

 

A presença do Dom André ao vivo, bem como de lideranças históricas, como seu Inácio e outros e outras, fizeram de nosso encontro um momento mágico.

Agradecemos a todos e todas que nos felicitaram, a exemplo da Eanes ou da irmã Neusa de Fátima , Superiora Geral das Irmãs Scalabrinianas, do Pe. Leonir, aos migrantes e refugiados presentes e que comentaram.

 

 

 

 

 

Nossa alegria também em dizer, que neste ano santo do Senhor, o SPM também faz 35 anos em Mato Grosso do Sul, onde irmã Rosana C. Rosa, nos traz a memória da presença da missão Scalabriniana, por onde também passaram as irmãs Rosa Maria que foi nossa vice presidente , a irmã Ana Delazari, participe de nossa diretoria por 2 mandatos. Em Fortaleza celebra-se 25 anos, onde a irmã Idalina Pellegrini, da seguimento ao trabalho de tantas irmãs que ali passaram, a exemplo de irmã Claudina e Eléia, uma na CNBB atualmente e a outra em Roma.

Nosso carinho especial, pelos que partiram para outras vidas, aqui na terra e em outras dimensões, vocês foram pontes para que muitos chegassem até nós e continuássemos a sermos e não a ter. Dom Enzo, Irmã Sandra, Pe. João Cimadon e irmã Orila esses foram para outras dimensões.

Aos leigos e leigas, nossa atenção especial, somos solidariedade e participamos destes elos que nos ligam e que nos propiciam manter acessas as luzes de Scalabrini, Madre Assunta e Santa Madre Cabrini, como sujeitos da solidariedade e da caminhada.

SPM que se expande quando compreendemos que a pastoral é algo da Igreja, é algo integrada a epistemologia eclesial, os carismas são fundamentais para sermos Igreja, e cumprem seus papeis sendo sementes, cresce e floresce e morrem, para ressurgirem. Somos uma família pastoral, um guarda chuvas para quem não teve ou não tem amparo, mais tem força e Fé. Esse é o perfil de quem fez e faz o SPM, nosso de cada dia e de todos e todas.

Somos uma família pastoral, um guarda chuva para quem não teve ou não tem amparo, mais tem força e fé. Esse é o perfil de quem faz o SPM nosso de cada dia, de todos e todas.

 ROMARIA DO MIGRANTE NA PARAÍBA

19ªAssembleia Nacional SPM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *